Buscar
  • Psi Danielle Bevilaqua

Dicas de locais para você ter acesso a psicoterapia com pouco (ou sem) dinheiro


Tenho recebido perguntas e mensagens sobre dificuldade de acesso a psicoterapia por dificuldades econômicas. Então, resolvi auxiliar com algumas possibilidades para atendimento psicológico gratuito ou com valor reduzido:


1. No SUS (Sistema Único de Saúde)


Temos psicólogos no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) e algumas cidades - como em São Bernardo do Campo - tem um psicólogo em cada UBS (Unidade Básica de Saúde), o antigo Postinho de saúde. Você tem que procurar a prefeitura de sua cidade e se informar. Geralmente, aguarda um pouco em uma lista de espera. Quanto mais rápido você procurar, antes você poderá ser chamado.


2. Clínica-escola de Universidades


Aqui no Grande ABC Paulista temos 7 Universidades que tem clínicas-escola na área de psicologia. Você deve entrar em contato com a Clínica-Escola (não precisa de encaminhamento), faz um cadastro inicial e após um período é chamada para realizar a triagem. Essa triagem irá identificar a urgência e a modalidade de atendimento e irá direcionar o caso para o início do processo. O valor é geralmente simbólico ou pode ser negociado - sujeito à avaliação da assistência social. O atendimento, geralmente, é feito por estagiários do 4 e 5 ano. Geralmente, aguarda em uma lista de espera e nas férias os atendimentos tem uma pausa.


3. ONG (Organização Não Governamental)


Existem algumas ONGs que fazem atendimento psicológico por valor reduzido ou gratuito. Geralmente, ocorre após uma avaliação social com uma assistente social e o serviço é oferecido para a comunidade local. Aconselho busca em instituições como hospitais, pois as ONGs costumam trabalhar em parceria ou procurar pela internet.


4. Psicólogo em consultório particular ou em clínicas.


Se você tiver convênio, geralmente, são cobertas de 12 a 24 sessões a depender do diagnóstico e do contrato de serviço estabelecido. A atuação do psicólogo na Saúde Suplementar (que trabalha em convênio) é regulamentado por algumas normas e uma delas é a necessidade de um encaminhamento médico. Cada plano de saúde tem suas peculiaridades, entre em contato e se informe.


Se você puder pagar alguma soma mensal, tem alguns psicólogos que sensíveis às dificuldades financeiras das pessoas atingidas pela crise econômica do país aceitam negociar e reduzir o valor de suas sessões. Escolha um de sua confiança.

Acredito que já te ajudei a pensar em algumas alternativas... Agora é sua parte.


Boa sorte!

42 visualizações

© 2018 by Danielle Bevilaqua, Psicóloga & Psicanalista